Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

domingo, 8 de julho de 2018

TURISMO EM PORTO SEGURO (V) - JUNHO DE 2018 - VISITA AO MUSEU DO DESCOBRIMENTO

     Sempre que faço um passeio, costumo levar papel para anotações e pesquiso na internet os aspectos turísticos e históricos do lugar.     Depois, estando na cidade a passeio, sempre reservo um tempo na agenda para visitar os lugares de interesse cultural e histórico.     Neste caso de Porto Seguro, para quem gosta de história, é fundamental visitar o local onde fica o Centro Histórico da cidade que fica muito perto do centro comercial.    O Centro histórico fica num local alto e tem uma vista muito bela para o mar.    Mar e seus recifes bem pertinho da costa.   
     Fiz recentemente outras matérias sobre o Centro Histórico e acabei colocando no outro blog meu, que é de Resenhas (por engano) e lá estão quatro matérias sobre o Centro Histórico.    www.resenhaorlando.blogspot.com.br
     Nesta matéria vou citar um pouco do que vi e ouvi do guia do Museu do Descobrimento que fica numa praça muito bem cuidada com casario colonial, igrejas e comércio de lembrancinhas, etc.
     O museu cobra uma taxa quase simbólica dos visitantes.   10,00 por pessoa e maior de 65 anos visita grátis, que foi o meu caso.
     O prédio tem dois pisos.   No térreo onde ficavam as celas da cadeia, se vê as paredes enormes na largura e parte levantadas em pedras.    Sólidas grades de ferro nas janelas.   Uma parte era prisão para homens e outra parte, para mulheres.    Consta que as duas celas não tinham porta e sim um alçapão no teto que era aberto para receber o preso, quando se colocava uma escada para a descida e depois se retirava a escada e fechava o alçapão.    O guia informou que na época os presos não eram alimentados pelo Estado e sim pela caridade das pessoas que traziam a comida e passavam pelo vão das grades, assim como roupas usadas.
     Na parte de cima do prédio há o acervo em dois grandes temas.   Uma parte dedicada ao período antes do descobrimento, contendo armas e adereços de plumas de uso ritual dos índios da região.   Lá ainda tem na região descendentes dos índios Pataxós.      
     Dentre os equipamentos indígenas, há um tipo especial de balaio tecido em palha, de certo porte, que servia para colocar os ossos dos mortos que tinham sido sepultados há mais de um ano e que eram depois removidos (quando eram só ossos) e estes restos mortais eram então colocados no recepiente de palha e enterrados de forma definitiva.    Havia ritos e então era a despedida definitiva daquela pessoa.
     No setor do descobrimento (colonização) há principalmente mapas e instrumentos de navegação do passado.   Chama atenção um tipo de carretel de uns 40 cm de comprimento e uns 10 cm de diâmetro para enrolar um tipo de cordel cheio de NÓS em espaços tipo 20 cm entre si.   Esse equipamento era para medir a velocidade das caravelas.    Curiosamente até os nossos dias a velocidade dos navios são expressas em NÓS.
     Eu diria que vale muito a pena, estando em Porto Seguro, dar uma visitada ao Centro Histórico que tem inclusive um local para exibição de capoeira para os turistas apreciarem.   Tem também barracas de alimentação e artesanatos.   
     
      Foto acima, do monumento no Centro Histórico

     Acima, foto do Museu Histórico de Porto Seguro

  Detalhe da grade de ferro do antigo presídio no prédio acima

      Cocar de penas (plumas) dos índios da região

    Cocar e demais adereços para a jovem em ritual de passagem para a idade adulta.

    Cocar e demais adereços indígenas



      Cocar e uma cesta para colocação de restos mortais para o sepultamento na fase definitiva, após um tempo conforme descrito no texto acima.

     Urnas mortuárias em cerâmica

      Equipamento para medida de velocidade de embarcações do tempo das caravelas.   O que tem os nós que dão nome à velocidade.
      Bússola do tempo das navegações do descobrimento.   Numa caixa com sistema para amortecer o balanço das águas.

      Equipamento de astronomia e navegação.   Acima, um mapa mundi em plano.

     Abaixo, foto de "pão de açúcar", um tipo de forma na qual era colocado para secar o açucar a ser armazenado para uso doméstico.       Dessa forma teria se inspirado quem colocou o nome no Pico do Pão de Açucar lá no Rio de Janeiro.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

RESENHA DA PALESTRA SOBRE O CONCÍLIO VATICANO II - PARÓQUIA SÃO FRANCISCO DE ASSIS - CURITIBA PR

RESENHA DA PALESTRA SOBRE O CONCILIO VATICANO II
         Palestrante: Padre Marcio Luis Fernandes         06-05-2018
         Local:  Paróquia São Francisco de Assis – Xaxim – Curitiba-PR
         Tema:  Documento Gaudium et Spes  (Alegrias e esperanças)
         Constituição Pastoral do Vaticano II
         Anotações feitas pelo leigo Orlando Lisboa de Almeida, frequentador da Paróquia Bom Jesus do Cabral – Curitiba – PR.
         Que significado teve o Vaticano II para a Igreja?
         De certa forma nosso Papa Francisco está no contexto e é uma das consequências das diretrizes do Vaticano II.    Uma renovação.    Antes desse Concílio, o leigo ficava meio que de fora da ação na igreja e pela igreja.
         O Vaticano II foi convocado dia 07-12-1965.   As falas do palestrante estão fundadas no livro Compêndio do Concílio Vaticano II.
         Uma das partes que fala da liturgia, sobre a palavra de Deus.  Renovação na experiência litúrgica.    Como a Igreja deveria ser concebida.
         Antes deste, a Igreja olhava para si e no Vaticano II, esta dirige o olhar também PARA O MUNDO.  As relações entre a Igreja e o mundo.  
         O Papa João XXIII foi quem convocou o Vaticano II.   Por este concílio, tudo aquilo que está no mundo é sim objeto a ser considerado pela Igreja.
         Houve tempo antes do Concílio em pauta que a Igreja tinha posição de confronto com o progresso.   Contra teatro, cinema, etc.   O concílio traz a tomada de outro rumo nisso tudo.     Antes a Igreja ficava na defensiva e após o concílio ela passa a interagir com o meio.  Acompanhar inclusive as angústias e dores humanas.  A Igreja dá passos inclusive no que tange às relações com Igrejas Não Cristãs.   Antes ficava naquela de condenar o Judaismo  se apoiando no fato de que foram estes que condenaram Cristo.   
         A Igreja passou a respeitar e trocar idéias com as outras não Cristãs inclusive.    “Temos 95% que nos unee 5% que nos desune e costumamos ficar brigando nessa faixa dos 5%”.
         O Cristocentrismo da Constituição (Vaticano II)
         O Vaticano II fala de alegria e esperança, mas fala também da dor e da angústia.    Que sejamos misericordiosos, inclusive abrindo o templo para os angustiados do entorno, por exemplo.   Ele aqui fala inclusive de uma antropologia teológica, se entendi o termo teórico.
         O Compêndio sobre o Vaticano II que ele está usando em sua explanação tem 90 itens/tópicos.    47 a 90 – inclui a promoção da paz;
         Como promover a paz – a igreja e a vocação do homem – a dignidade da pessoa humana – dado cristológico, ...    No item 33 sobre a atividade humana.    43 sobre a Igreja.
         “Cristo veio para revelar ao ser humano o que de melhor há no ser humano”.  Ele dá a dica da citação bíblica.   João, capitulo 1, versículos 35 e seguintes.
         Sobre  a rebeldia de muitos cristãos.    Cita:  Quando Natanael ouviu que os outros estavam falando de Cristo, disse:   Naquela pequena comunidade, o que há de sair de bom?  Cristo ao invés de recriminar Natanael, recrutou ele também para a missão cristã.   Não só os que não tinham rebeldia eram recrutados.   O rebelde questionador pode também ajudar na construção da Igreja.  Lembrou que Pedro também tinha uma dose de rebeldia.
         Cristo abençoa a pessoa, a comunidade, a atividade humana e isto está na composição do Concílio Vaticano II.
         “Não recusar a pessoa em sua sinceridade”.      Precisamos de pessoas comovidas pelo Evangelho.   Mateus era um cobrador de impostos.
         Disse que os primeiros cristãos sofreram repressão por uma “inveja boa”.    O povo se incomodava com a convicção dos cristãos.
         Ele acha que devemos abrir mais os salões paroquiais não só para um lanche, mas também para nos tirar do individualismo.
         Disse que nós não podemos nas pastorais tratar os pobres como se fôssemos mais que eles.    Pois se não observarmos isso, podemos nos comportar como mais pobres (em espírito) do que eles que estão na condição de  pobreza material.
         Cristo se revelou às pessoas no cotidiano delas, não em lugares palavras do velho Simeão.    ...”descanse tranquilo porque eu vi sua salvação”.   Ele disse que não tem só a ver com religião.  Tem a ver com o sentido da vida.
         No capítulo 2 do Compêndio passa a analisar os problemas urgentes da humanidade.    Quanto à cultura, afirma pontos importantes.   A necessidade da fé estar encarnada na cultura concreta de cada povo.
         O Evangelho tem a necessidade da cultura dos povos; a não identidade da fé com nenhuma cultura de maneira exclusiva.
         Isto foi o que consegui resumir da forma que entendi e espero que o conteúdo seja útil à nossa caminhada fraterna.
       Eng. Agrônomo Orlando Lisboa de Almeida – Curitiba – PR
        (41)   999172552          orlando_lisboa@terra.com.br
         Blog    www.orlandolisboa.blogspot.com.br






         

terça-feira, 29 de maio de 2018

MIGRAÇÃO POLONESA - PARANÁ - BRASIL - VISTA DO CONSULADO E DO BOSQUE DO PAPA JOÃO PAULO II EM CURITIBA

 Na região central da cidade de Curitiba, capital do estado do Paraná - Brasil, há no chamado Alto de Glória muito perto do Estádio do Coritiba Futebol Club, o Consulado regional da Polônia.
     Nesta cidade e no interior do Paraná é bastante forte a presença de descendentes de imigrantes poloneses.   Há inclusive o Bosque do Papa (João Paulo II) muito perto do Palácio de Governo que homenageia o Papa e a colônia polonesa.   No interior do bosque tem área de lazer e umas edificações no estilo das construções que eram feitas pelos primeiros colonizadores quando chegaram ao Paraná.
     Dias atrás eu estava passando em frente ao Consulado e resolvi tirar umas fotos com o celular, este que não permite fotos de boa qualidade, mas ao menos ficou documentado.    Devo também colocar algumas fotos das edificações do Bosque do Papa.
     Entre os destaques da colônia polonesa no Paraná, um deles foi Paulo Leminski, poeta, tradutor, músico que partiu cedo para outra dimensão mas deixou uma obra de destaque permanente.    Ele era carinhosamente conhecido como o Maluco Beleza do Paraná, numa alusão ao cantor Raul Seixas, o Maluco Beleza original.
     Há um espaço cultural, uma área verde com espaço para eventos num local onde era uma pedreira e o espaço abriga shows com frequência e leva com justiça o nome de Pedreira Paulo Leminski.
     Para completar, uma pequena irreverência com os poloneses por seus sobrenomes tão diferentes dos nossos, com muitas consoantes e poucas vogais.    Surgiu até uma piadinha segundo a qual num teste de exame de vista, mostraram a tabuleta com aquelas letrinhas  ao acaso e o paciente disse:    Caramba!   Conheço esse cara aí! 





     Crédito das fotos:   Disponíveis no Google.  (Bosque do Papa)

      Fotos minhas, tiradas com celular, do Consulado polonês de Curitiba - PR





segunda-feira, 28 de maio de 2018

EXPOSIÇÃO NO MUSEU OSCAR NIEMEYER - CURITIBA - PR. "ÁSIA: A TERRA, OS HOMENS, OS DEUSES

Visita ao Museu Oscar Niemeyer em Curitiba PR dia 26-05-2018
     A exposição que em parte será retratada por este blogueiro amador se chama:   ÁSIA: A TERRA, OS HOMENS, OS DEUSES
     As peças foram doadas recentemente a este Museu pelo diplomata brasileiro Fausto Godoy que atuou em vários países asiáticos e foi fazendo uma coleção particular que depois foi formalmente doada ao Museu.
     Fotos com celular, por amador e sem uso de flash por norma da exposição e proteção das peças.























terça-feira, 22 de maio de 2018

VIOLÊNCIA GERAL E RISCO AO POLICIAL (PM) SÃO PAULO 22-05-2018


Eng.Agr. Orlando Lisboa de Almeida
     Na Seção Cotidiano de 21-05-2018 página B1 saiu uma reportagem de uma página e meia com a manchete:  SÓ 8% DOS PMs SAEM ILESOS DE ATAQUES EM SÃO PAULO
     A reportagem foi precedida de um amplo levantamento junto à Corregedoria da PM abrangendo 491 casos (relatórios) de PMs vítimas no período de 2006 a 2013.
“Segundo os dados, desses 491 policiais com registro de violência, 218 foram mortos e 233 feridos... No total só 40 sairam ilesos, o equivalente a 8% do total”.    Em 23% além de atacarem o PM, levaram a arma dele.
     O PM Mauricio dos Santos, 49 anos, sendo 28 de corporação, dos quais 26 no setor de PMs vítimas, participou de centenas de atendimentos a colegas e atualmente está aposentado.   Falando das estatísticas:   “Por isso, ele passou a defender o desarmamento dos policiais nos horários de folga.  Para ele, essa medida reduziria a quantidade de mortes especialmente nos roubos”.  ...”Se  for pego com arma, vai morrer.  O crime não perdoa”.

     Como a Segurança estará em pauta nos debates da sociedade como já vem ocorrendo há tempos, coloco aqui o tema sem me posicionar, apesar de ter minha opinião sobre o caso.   Fica para as pessoas refletirem.

segunda-feira, 21 de maio de 2018

GRUPO DE APOIO AO GOVERNO IMPOPULAR DO TEMER - BRASIL - MAIO/2018


Eng.Agr. Orlando Lisboa de Almeida
Na Folha de SP de hoje, 21-05-18 saiu uma notícia detalhada com gráficos e tudo que é muito reveladora da "força" dos que apoiam o governo Temer, quem são, como vivem, do que se alimentam, coisa G1 (tipo plim plim). Lá na Folha diz que os reporteres fizeram um levantamento dos principais projetos que viraram leis (contra o povo como mudança na lei trabalhista, no pré sal, etc., etc.) e deu algo que poderia parecer inusitado. Dos três partidos que formam a Coalizão, (MDB, PSDB e DEM), o apoio em percentual das bancadas às leis aprovadas na temporada Temer ficaram assim: 1º Lugar com 83% de fidelidade, PSDB; 2º DEM e Lanterna com 78% de fidelidade o MDB do próprio Temer. Isto mostra que a Banca, melhor representada por PSDB e DEM tem no Temer o Mordomo da Casa. Não mais. (é apenas uma leitura dos dados). Estes estão mais detalhados na Folha de SP.


Em tempo - tudo isso prova por A + B que o Programa de Governo que o Temer está "tocando" é o que Perdeu a Eleição para Presidente.   

sábado, 19 de maio de 2018

AVÓS NO CARRO COM NETOS E UMA TIRADA DO GOOGLE - CURITIBA - PR


Orlando Lisboa de Almeida 190518
Os avós indo levar os netinhos Oli e Joaquim visitar o Tio Henrique e Tia Sonia (e o Rafa mais o cão Sócrates, que é da família!). No trecho, Lourdinha no volante e eu de co piloto e as crianças nos banquinhos no assento de trás. Eu resolvo abrir o google maps para ver o roteiro e sem tanta desenvoltura no aplicativo no celular, aperto um microfone achando que ia acionar a voz da moça que indica as rotas. Nisso a Oli pergunta: Vô, quantos anos você tem? Ora, tenho 67 anos. Eis que a "busca" do google responde alto e bom som: Não Podemos Ajuda-lo com 67 anos... A Oli e todos nós rachamos o bico.