Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

FORTALEZA TEM CULTURA. NÃO É SÓ SOL E MAR



foto: do site secult.ce.gov.br

     Visitando Fortaleza, como não poderia deixar de ser, programamos passeio para seis diferentes praias na região, todas belas e cada uma com seu tipo específico de beleza.   Mas não poderia deixar de colocar o olhar na expressão cultural do povo local, desde o jangadeiro que enfrenta o mar com aquelas pequenas jangadas nas duras jornadas da pesca para sustento da família, passando pela rica e variada culinária local que usa a carne de sol, o feijão de corda (no baião de dois - feijão de corda com arroz), tapioca, suco de frutas locais como caju, cajá, pratos à base de caranguejo e por aí vai.
     No "capítulo" de hoje sobre Fortaleza, vou destacar uma obra arquitetônica de rara beleza que o nosso dedicado guia turístico Ávila nos mostrou no city tour de chegada à cidade.    Ele mostrou o prédio anexo ao Palácio da Abolição, o Mausoléu do General Castello Branco, cearense que foi presidente do Brasil.    A obra é do arquiteto Sergio Bernardes, carioca, que chegou a trabalhar com Lucio Costa e Oscar Niemeyer.
     Sergio Bernardes elaborou a obra do Mausoléu em 1972 e o destaque é que o prédio é apoiado em um só extremo (à esquerda, de quem olha da rua) e teria um vão livre de mais de 30 metros.     
     Segundo o guia, aquele gramado que fica no espaço adjacente ao prédio representa a região de mata da região perto do mar e os locais com "piso" de dormentes antigos  (desses de estrada de ferro) rejuntados com rejunte de pedras representaria o chão da caaringa na seca no sertão cearense.     O que se pode ver é uma obra de rara beleza, independente do significado que o autor quis dar à mesma.      Dei até uma olhada na Wikipédia e constatei que esse arquiteto tem um acervo de tirar o chapéu e premiações no Brasil e no exterior.    Pois não!    O Ceará tem cultura e sabe receber os turistas.    Tem muito mais para se curtir por lá além de coqueiros, praia, sol e mar.

               orlando_lisboa@terra.com.br  

domingo, 21 de agosto de 2011

VISITANDO FORTALEZA E PRAIAS DA REGIÃO

  

   Férias!    Resolvemos ir conhecer um pedacinho do Nordeste brasileiro e escolhemos Fortaleza.    Acertamos umas três vezes, pois lá foram em oito dias, oito de sol e praia.   Uma agência de turismo que entregou o que prometia e tem guias gabaritados e lugares escolhidos para o conforto, tranquilidade e segurança dos turistas.    E os locais são lindos e maravilhosos por natureza.     Natureza generosa como aquele povo.
     As praias que visitamos, uma por dia, com o ônibus fretado pegando os turistas no hotel e levando aos passeios, com o guia explicando os detalhes de cada local.
Sábado - Beach Park   (um parque aquático ao lado da praia, com infraestrutura excelente)
Domingo - Praia do Cumbuco 
Segunda - Praia do Morro Branco  (com falésias - aquelas formações rochosas beira mar)
Terça - Praia de Mundaú
Quarta - Praia de Canoa Quebrada - também com falésias.   Uma paisagem ímpar, com direito a dunas e lagoas e passeios de bugue
Quinta - Praia da Lagoinha.    Com direito a passeio em três etapas - "pau de arara" para ir até o barco catamarã (trecho bem curto), passeio de catamarã, banho de lagoa e volta de jardineira por um curto trecho de vegetação tipo sertaneja.   
     Os pratos típicos de lá são muito bons, com destaque para a Carne de Sol com Baião de Dois.   A carne de sol deles é bem melhor que a nossa carne seca.   E o baião de dois é arroz colorido com feijão de corda, típico do nordeste.    Muito bom.    Lá serve-se muito peixe e frutos do mar.   Adoramos peixes e pudemos inclusive degustar uma lagosta frequinha grelhada.   
     A cidade de Fortaleza, com seus quase 3.000.000 de habitantes está num momento de grande pujança e novos edifícios brotam nos bairros nobres e beira mar.   Valeu!!!

     orlando_lisboa@terra.com.br





     

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DO SESC NA REGIÃO

     Eu já fiz algumas matérias sobre belos espetáculos que tive a oportunidade de assistir aqui no SESC de Maringá.   Aliás, o SESC para mim é um amor antigo e até um livro nós publicamos com ajuda do SESC nos tempos de Umuarama-PR.      Como sou um sócio e fã de carteirinha do SESC, recebi recentemente pelo correio (e recebo por e-mail também) a programação a seguir:

     "AUTORES & IDÉIAS   -   VOZES FEMININAS"

     Dia 09-agosto -   no Sesc Londrina
     Dia 10-agosto -   no Sesc Maringá
     Dia 11-agosto -   no Sesc Curitiba - Paço
     Dia 16-agosto -   no Sesc Francisco Beltrão
     Dia 17-agosto -   no Sesc Pato Branco  e
     Dia 18-agosto -   no Sesc Cacavel

     O início deve ser as 20 horas, mas é bom entrar no site ou telefonar para confirmar.   Não custa.   Vale a pena ir e avisar os amigos.