Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

domingo, 21 de agosto de 2011

VISITANDO FORTALEZA E PRAIAS DA REGIÃO

  

   Férias!    Resolvemos ir conhecer um pedacinho do Nordeste brasileiro e escolhemos Fortaleza.    Acertamos umas três vezes, pois lá foram em oito dias, oito de sol e praia.   Uma agência de turismo que entregou o que prometia e tem guias gabaritados e lugares escolhidos para o conforto, tranquilidade e segurança dos turistas.    E os locais são lindos e maravilhosos por natureza.     Natureza generosa como aquele povo.
     As praias que visitamos, uma por dia, com o ônibus fretado pegando os turistas no hotel e levando aos passeios, com o guia explicando os detalhes de cada local.
Sábado - Beach Park   (um parque aquático ao lado da praia, com infraestrutura excelente)
Domingo - Praia do Cumbuco 
Segunda - Praia do Morro Branco  (com falésias - aquelas formações rochosas beira mar)
Terça - Praia de Mundaú
Quarta - Praia de Canoa Quebrada - também com falésias.   Uma paisagem ímpar, com direito a dunas e lagoas e passeios de bugue
Quinta - Praia da Lagoinha.    Com direito a passeio em três etapas - "pau de arara" para ir até o barco catamarã (trecho bem curto), passeio de catamarã, banho de lagoa e volta de jardineira por um curto trecho de vegetação tipo sertaneja.   
     Os pratos típicos de lá são muito bons, com destaque para a Carne de Sol com Baião de Dois.   A carne de sol deles é bem melhor que a nossa carne seca.   E o baião de dois é arroz colorido com feijão de corda, típico do nordeste.    Muito bom.    Lá serve-se muito peixe e frutos do mar.   Adoramos peixes e pudemos inclusive degustar uma lagosta frequinha grelhada.   
     A cidade de Fortaleza, com seus quase 3.000.000 de habitantes está num momento de grande pujança e novos edifícios brotam nos bairros nobres e beira mar.   Valeu!!!

     orlando_lisboa@terra.com.br





     

Um comentário:

  1. Olá, Orlando!
    Excelente resumo da viagem, faltou apenas relatar o passeio de jangada em Canoa Quebrada.
    Gostei muito de saber que atuas em ongs, esta aí uma atividade que gostaria de participar, todavia não sei chegar neles nem onde.
    Um abraço
    Paulo Roberto Libôa de Castro

    ResponderExcluir