Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

sábado, 18 de junho de 2016

CABEDELO PB - FORTE SANTA CATARINA - QUATRO CENTENÁRIOS

   





detalhe dos canhões voltados para a terra (após aterro)

Cabedelo-PB  Marco Zero da Rodov. Transamazônica

Muralha do Forte e Porto logo ao lado

Arpão que ficava nos navios baleeiros - para caça à baleia

  Segundo consta, cabedelo é um pequeno cabo.   Fica na cidade do mesmo nome a 18 km de João Pessoa-PB.   Visitamos o Forte de Santa Catarina no City Tour pela cidade e região.   Segundo o guia, o forte seria o segundo maior do Brasil, só perdendo para o Santa Cruz que fica na cidade do Rio de Janeiro.       Sua conclusão da obra em alvenaria e pedra data de 1597 e é majestoso.    Fica na margem do Rio Paraiba  onde o mesmo desagua no mar.   Um local estratégico em tempos de colonização e invasões estrangeiras, com destaque para invasões holandesas.   Cenário de grandes confrontos com muitas baixas.
     Algumas coisas curiosas do Forte que está em bom estado geral de conservação.   No pátio interno há um arpão de caça à baleia.  Cabedelo é uma cidade com bastante gente dedicada à pesca há séculos.  Consta que no passado se matava até 500 baleias por temporada.   A caça foi proibida em 1985 e teria sido com ajuda de reportagem do Amaral Neto - O Reporter (do tempo da ditadura militar).   Ele era muito popular na época e ficou sensibilizado com a matança às baleias e isto ajudou na proibição da caça.
     No entorno do forte, em parte, foi feito aterro segundo o guia e com isso ficou algo curioso porque há vários canhões que antes apontavam para a água (de onde vinham os invasores embarcados), apontam agora após o aterro, para a terra.
     O Porto de Cabedelo que fica "colado" ao Forte afeta a paisagem desse sítio histórico com centenários de construção.
     No Forte há uma capela bem cuidada, dedicada a Santa Catarina de Alexandria.   Consta que alguns oficiais do passado eram sepultados na capela e os recrutas quando morriam, eram jogados ao mar.   Mas isto pode ser apenas lenda local, principalmente o caso dos recrutas mortos ao mar.
     Muito perto do Forte de Santa Catarina em Cabedelo-PB fica o Marco Zero da Rodovia Transamazônica.   Obra do tempo da Ditadura Militar.

orlando_lisboa@terra.com.br         18-06-16
ver também meu blog de fichamento de livros -   www.resenhaorlando.blogspot.com.br 

Um comentário: