Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

quarta-feira, 14 de março de 2012

UM CURIOSO CASO DE AMOR NA ILHA DO VELHO CHICO

        

                          foto do site www.eujafui.com.br
                               
  Passeando por Maceió com direito a vários passeios, um deles para visitar a Foz do Rio São Francisco, onde este vira mar.    O local se chama Pontal do Peba.   Um lindo passeio de barco, a partir de Piaçabuçu, cidade que foi cenário de filme Deus é Brasileiro, com Antonio Fagundes.     Passeando de barco até a praia com dunas do Pontal, nosso guia local foi explicando alguns detalhes do lugar e contou um caso do passado, que teria ocorrido numa pequena ilha que fica a uns 4 km abaixo de Piaçabuçu rumo ao mar, este que fica a uns 9 km da cidade.    Pois conta o guia que na pequena ilha da qual se avista a cidade, morava uma só família de pescadores.    Eis que um dia uma filha do pescador, numa das visitas à cidade, ficou conhecendo um pescador e foi fisgada pelo mesmo, com a ajuda de Cupido.   Vai dai... que o pai dela ficou uma fera, ó xente!!!   Nada disso, não vai mais pra cidade.   Não arreda pé desta ilha e tá acabado.    Mas o amor é como poeira que entra até em vidro de relógio à prova d`água - essa fui buscar no baú do sotão do meu acervo! - e deu um jeitinho.   Um dia um recadinho através de alguém e tava armada a artimanha.     Quando o pai saia para pescar e ia demorar, ela - já combinada por recado - deixava amarrado num coqueiro à beira da água, uma fita vermelha.  Um laço de fita, que indicava que o sinal estava "verde".    A coisa foi assim rolando sem sobressaltos até o dia que os dois pombinhos resolveram voar e construir o próprio ninho, já que isso faz parte do cardápio.     
     Consta que o jovem casal, com uma sede de amor do tamanho do grande rio, do Velho Chico, teria vivido muito e tido vinte e sete filhos.    Haja partos!       Pois passada essa façanha, consta que a ilha ficou com fama de afrodisíaca e o guia faz uma graça:    Aqui no barco temos sempre uns casaizinhos em lua de mel e recomendamos a ilha ali.    O povo daqui garante que eles não irão pregar os olhos a noite toda... de tanto pernilongo e borrachudo.
     O nordestino tem um bom senso de humor, pois não!!!
     Se eu me lembrasse o nome do guia, iria passar o crédito a ele, que mora em Piaçabuçu.  

                             orlando_lisboa@terra.com.br
                             

2 comentários:

  1. O Rio São Francisco na região divide os estados de Sergipe e Alagoas e ambos dividem essa beleza de cenário.

    ResponderExcluir
  2. O estado de Alagoas tem recantos belíssimos....não tem só as melhores praias do Brasil...mas tem também lugares especias como a Foz do Rio São Francisco....o cânion também no Rio São Francisco.....mas este no serão ..na divisa de Sergipe, Alagoas e pertinho da divisa da Bahia......Usina de Angiquinhos, com muitas histórias de Deliro Gouveia e de lampião e seu bando.....alem de uma cultura popular riquíssima.....vivi em Alagoas um período muito feliz da minha vida.

    ResponderExcluir