Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

sábado, 21 de novembro de 2009

GAFE NÃO TEM DIA NEM HORA

Nesta semana (hoje é sábado, 21-11-09) eu estava num evento técnico num assunto da minha praia, envolvendo conservação de grãos armazenados, aqui num hotel de Maringá-PR. Havia na platéia colegas dos estados do PR, SP, MG, ES, RS e alguns do Paraguai, que também vem crescendo bastante na produção de grãos.
No comando do evento, um engenheiro argentino radicado em Maringá, que percebeu há tempo que havia um nicho de mercado e montou uma empresa de consultoria na área de conservação de grãos armazenados. Anualmente a empresa faz um seminário técnico, além de editar trimestralmente uma revista muito bem elaborada no tema. Agora que o cenário já está montado, vamos à gafe.
Um dos palestrantes, de alto nível, de forma muito descontraída ia discorrendo sobre seu tema diante de um datashow que projetava na tela o roteiro da sua fala. Para apoiar a palestra, a canetinha laser para indicar detalhes na tela. Eis que a dita cuja canetinha começou a falhar e o palestrante me sai com esta:
- É! Eu comprei uma canetinha paraguaia e deu no que deu!!
- O anfitrião que é argentino e sabia de todos os convidados, de forma polida e descontraida lembrou ao palestrante que entre nossos convidados havia paraguaios. Restou ao palestrante a elegante medida de pedir desculpas e tocar o barco pra frente. Coisas da vida!

Um comentário:

  1. Fala, seo Orlando!

    achei seu blog por aqui!
    vou ler sempre!

    abraços!

    Vitor Oshiro

    ResponderExcluir