Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

terça-feira, 4 de março de 2014

CARNAVAL 2014: RIO DO PEIXE (JOAÇABA-SC) X RIO DE JANEIRO

                     

                                 foto da galeria da Escola Unidos do Herval

Temos parentes que residem em Herval d`Oeste-SC que é uma cidade que fica numa margem do Rio do Peixe, sendo que na outra margem do rio fica a cidade de Joaçaba, na região do chamado Meio Oeste do estado de Santa Catarina.   A região aqui é um tanto acidentada e até por isso tem muita mata nativa, muito verde que dá gosto de ver.   Também há cidades prósperas com forte agropecuária, indústria, comércio e serviços, setor no qual se inclui uma universidade estadual (UNOESC) com cursos excelentes e diversificados.
     Herval tem ao redor de 22.000 habitantes (fonte IBGE-2013) e Joaçaba, 29.000 habitantes em "conta redonda".   Tenho visitado a região por conta dos parentes e há tempos fiquei sabendo que o Carnaval daqui é de alta qualidade e a promessa era de que na primeira ocasião que surgisse, viríamos aqui para ver e curtir o Carnaval.  Desta vez, bingo!   Estivemos vendo os dois desfiles das quatro escolas de samba locais.       O desfile com disputa de prêmios foi no sábado à noite na Av. XV de Novembro (Joaçaba) dotada de toda infra estrutura de vedações, luz, som e espaço para o público assistir o desfile.     Das quatro escolas, três já são do grupo especial e uma que ainda é iniciante desfilou sem carater competitivo e espera-se que no ano que vem esta última também esteja competindo.
    As três Escolas de samba competindo são pela ordem alfabética: Aliança, Unidos do Herval e Vale Samba (Vale, relativo ao Vale do Rio do Peixe).   As três escolas citadas desfilaram com uma média de 1.200 componentes na avenida, com tudo que é típico do carnaval como comissão de frente, mestre-sala e porta bandeira, carros alegóricos, blocos e mais blocos temáticos, destaques, puxadores do samba e a famosa bateria.   Tudo de forma muito adequada, encantando as diferentes torcidas presentes.  
     A escola iniciante, Acadêmicos do Verde Vale, neste ano desfilou com pouco mais de 500 integrantes mas já mostrou que tem potencial para chegar ao grupo especial e participar da fase competitiva no ano que vem.
     Os temas ficaram entre Alimentos, Bebidas Alcoólicas (Se beber, não dirija), Comércio ao longo dos tempos.    A que não competiu levou à avenida o tema:  Passaporte-Viagem.
     Aqui é uma região de colonização européia, principalmente alemães e italianos e curiosamente fazem o que chamam de o maior e melhor carnaval do sul do Brasil.    Nas proporções, aqui se faz um carnaval maior que o do Rio, considerando que no Rio são 12 escolas do Grupo Especial para uma população de 6,4 milhões de habitantes contra Joaçaba-SC que junto com Herval tem ambas ao redor de 50 mil habitantes e colocaram na avenida quatro escolas de samba como vimos acima.   Proporcionalmente aqui o carnaval é maior que o do Rio então.
     De onde veio tudo isso para cá:   Consta que em 1902 estava em construção a ferrovia São Paulo-R.Grande do Sul que passa por aqui e vieram trabalhadores do Rio, da Bahia e de São Paulo, muitos descendentes afros.  Com eles vieram o batuque, o candomblé e o samba.   Já em 1934 aqui havia escola de samba e atualmente o pessoal em um nível interessante de organização, incluindo a LIESJHO Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d`Oeste.
     A imprensa em geral faz uma cobertura do evento (e a TV em particular) que atrai anualmente turistas de perto e de longe.   Contatei inclusive estudantes mexicanos que estavam por aqui em curso de extensão universitária e que foram à avenida conferir o brilho do carnaval local.   Gostaram muito.   Vale a pena e a festa não é pequena, fazendo um paralelo com Fernando Pessoa.   Aliás, ele disse o "vale a pena.." num poema sobre as Grandes Navegações dos portugueses.   Havia o risco enorme das viagens, mas os frutos poderiam ser gratificantes aos seus olhos.

                orlando_lisboa@terra.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário