Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

TEMPO DE ESTUDANTE - A MUDANÇA DO VISCONDÃO

      Começando pelo começo.   A cidade de Mauá-SP tem esse nome em homenagem ao Barão, que também foi Visconde de Mauá.   Na década de 60 havia um grupo escolar (até a quarta série do primeiro grau) na Rua General Osório com o nome de Visconde de Mauá e um colégio (até segundo grau) que ficava num prédio velho, térreo, de janelões tipo veneziana de madeira enormes.   Prédio branco e janelões azuis escuros.     Para diferenciar o ginásio do colégio do mesmo nome, o primeiro acabou ficando como Viscondinho e o segundo, Viscondão.    Eu fiz a quarta série no Viscondinho.   Depois fiz o exame de admissão (um verdadeiro vestibular) para entrar no ginásio, no Viscondão.     
    Nesse tempo o Viscondão, como disse, ficava na Av.Barão de Mauá, esquina com a General Osório, junto à famosa paineira que deve reinar até hoje lá no centro de Mauá.    Na  década de 60 a paineira já era velha.   Em 64, após um ano de cursinho preparatório para "Admissão" ao colégio (feito na escola do Sesi), passei no exame e iniciei o ginásio no Viscondão.     Nesse tempo estava já há algum tempo em construção um prédio novo para o Viscondão, lá na Rua Vitorino Della Antonia (acho que é esse o nome da rua), onde ele está até hoje.     O prédio era grande e por "falhas" da construtora, ganância demais, material de menos, o fato é que mais ou menos 1/4 da parte direita do prédio veio abaixo e matou um ou mais operários.    A obra ficou parada um tempão e depois fizeram uma solução de gênio:   cortaram a parte que caiu e aproveitaram o que sobrou...  E um dia a dita cuja obra ficou pronta e, talvez por causa da pendenga judicial, ficou lá o prédio pronto e nada de inaugurar.    Por volta de 1965, os estudantes e professores, com falta de  espaço no prédio velho, resolveram adotar uma solução radical.     Conseguimos caminhões com a prefeitura e fizemos nós mesmos a mudança.  Ocupamos o prédio novo e pronto!!!   Quero ver quem tira!!!   Foi assim que "inauguramos" o Viscondão.      Naquele tempo, ganhamos um prédio novo, porém mais retirado do centro e longe inclusive dos pontos de ônibus.   Ainda tinha muitas ruas sem calçamento em Mauá, mesmo na região central e quando chovia (e chovia e garoava muito) era muita lama.   Tempo hard aquele, mas dá saudade, afinal era nossa adolescência.     
     Bolamos na época até um logotipo para o viscondão que na verdade era um "clone" do emblema da Mitsubishi e até alguém notou isso, mas na época ficou por isso mesmo.     Os três losangos interligados, um acima e dois na base, vermelhos.   No primeiro tinha o CE Colégio Estadual e no da base esquerda, V de Visconde e no da direita o M de Mauá.  
     Um bocado de tempo depois veio a falecer uma Diretora com o nome de Terezinha Sartori e acabaram mudando o nome do Viscondão em homenagem a ela.    Com todo o respeito à homenageada, modestamente eu opinaria para manter o nome tão tradicional e pegar lá a Biblioteca do Colégio e solenemente dar o nome da diretora à mesma.    Mas o feito está feito e faz tempo.      Saudade da turma dos bons tempos do Viscondão.   

3 comentários:

  1. olha pai, naum conhecia esta história... desde akele tempo já revolucionario! hahaha
    bjss

    ResponderExcluir
  2. ola sr Orlando fiquei contente em conhecer a historia do viscondao, estudei de 1971 até 1973 neste colegio e tenho muita saudades daquela época, principalmente de uma aluna que eu gostava muito chamada Adalzija, bela italianinha,valeu mesmo abraços.

    ResponderExcluir
  3. Edelson Delpoio Basilio17 de fevereiro de 2014 17:14

    Eu também estava nessa turma, no primeiro semestre de 1965 estávamos na Barão e no segundo estávamos lá na Vitorino. a minha sala foi a Primeira Série C. Estou no Facebook com uma página da primeira turma do Viscondão. Edelson Delpoio Basilio.

    ResponderExcluir