Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Paris - Cap.final (XV) - Mercado e Feira também têm charme



No centro velho de Paris, perto de onde estávamos hospedados, há um mercado cujo prédio me parece que é do século XVIII. Não é muito grande, mas é um lugar muito simpático. Como bom mercado popular, lá se vende de tudo um pouco, com destaque para verduras, legumes, frios, carnes, peixes, conservar, alimentos em geral e até Pastéis de Belém!! Minha filha já tinha localizado o box da portuguesa que, em determinado dia da semana, além de outras iguarias, serve os famosos pastéis de Belém em plena Cidade Luz! Claro que fomos lá e saboreamos o famoso pastel... muito bom.
O prédio do mercado, bem antigo e conservado, já é uma atração e o fato da gente vivenciar um pouco da rotina do povo da cidade vale a pena. Num barzinho muito simples perto do mercado tomamos um chá especial da casa, de sabor interessante, tendo como vizinhos de mesa, uma porção de clientes mais idosos, já que era pelo meio da parte da manhã e nesse horário a chamada população economicamente ativa está no trabalho.
Em frente ao mercado, havia numa praça uma feira livre bem organizada. Destaque para frutas, verduras, legumes e peixes. Muitos dos feirantes são de origem árabe em particular e africana de modo mais abrangente (Marrocos e outros países). Duas curiosidades em legumes. Tomates de porte médio vendidos em pencas de até seis e um tipo de rabanete vermelho, comprido e fino com uns seis centímetros de comprimento, sendo na ponta, de cor branca.
No local de venda de carne, bastante variedade de carne de peixes e aves exóticas para nós como galinha da angola, vários tipos de pombos, patos, gansos. Por ali, mercado e feira, com pessoas passando e comprando, o interessante é o conjunto da obra, com um pouco do cotidiano do povo local.

3 comentários:

  1. Nos próximos capítulos abordarei a viagem de ônibus até a Alemanha, passando por Bruxelas, capital da Bélgica. Sete horas de ônibus, que sai de Paris, passa pela Bélgica, Alemanha e vai terminar a viagem na Noruega. Sete horas até Colônia, na Alemanha. Visitamos então Colônia, Frankfurt e Koblenz, com direito a neve e viagem de trem no Vale do Reno que também em parte é o Vale dos Castelos. Muitos castelos. Visitamos um deles. Veremos nos capítulos correspondentes. Abraços e até breve. Orlando
    orlando_lisboa@terra.com.br

    ResponderExcluir
  2. a feirinha realmente eh mto charmosa neh? o q eu achei mais interessante no mercado foi ver carne de ra e coelho... nunca tinha visto, e tb naum comi ainda! akele chá era mto massa, uma poção praticamente... impossivel de fazer igual
    bjsss

    ResponderExcluir
  3. Nossa seu Orlando o senhor já viajou por lugares realmente belos..

    ResponderExcluir