Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

DA SÉRIE DO LIVRO DO CHATÔ, O REI DO BRASIL (I)

                 crédito do desenho:   site gifsdahora.com.br



 Lá pelo ano de 1913 a aviação estava engatinhando no mundo e aparece no Recife, onde o Chatô era um jovem jornalista do Jornal Pequeno, um francês com uma novidade. Quando Chatô soube que o frances Lucien Deneau tinha desembarcado no Recife e trouxe no navio o seu pequeno avião desmontado, que iria ser montado e voaria na capital, o Chatô ficou de olho. Queria ser o primeiro brasileiro a voar no Brasil, num avião. Mas chega o momento solene, com pompa e circunstância, e o patrão escala outro reporter para o caso. Ele que não era de desistir, foi lá ficar em volta do avião e do piloto (e já falava frances o Chatô). Viu que o piloto era gordo e perguntou: Quanto de peso carrega seu avião? O Frances respondeu que 150 kg. O Chatô então pergunta: Quantos quilos o senhor pesa. Cem quilos. Pois lhe digo. eu peso exatamente 50 kg e o reporter que está escalado para lhe acompanhar passa dos 70 e pode por o voo em risco. Bancando o traira, conseguiu com essa puxada de tapete, entrar para a história como o primeiro brasileiro a voar no Brasil num avião, segundo consta no livro do Fernando Morais. Essa é apenas uma amostra da figura que foi o Assis Chateaubriand. Francisco de Assis Chateuabriand Bandeira de Melo.


Livro:  Chatô, O Rei do Brasil
Autor: Fernando Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário