Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

TURISMO EM NATAL - RN - PARTICULARIDADES (III)

   

Palácio Felipe Camarão - sede da Prefeitura de Natal-RN

  Natal fica num ponto estratégico da América do Sul, sendo o de menor distância em relação à África.   Por esta razão, na época da segunda guerra mundial, os americanos construiram uma grande base aérea para servir de suporte à seu arsenal.     Consta que Natal fica mais perto da costa da África do que de Curitiba, por exemplo.      Em razão dessa base aérea, ainda o aparato da Aeronáutica em Natal é bastante significativo.    Eles têm inclusive um local de lançamento de foguetes chamado de Barreira do Inferno.    Diz o guia que o nome viria dos pescadores que, olhando para a costa na região da estação de lançamento, o morro vermelho dava um brilho forte de atrapalhar a vista, parecendo que estava pegando fogo e então, Barreira do Inferno.
     Área Preservada pela Aeronáutica -   Há colada à cidade de Natal uma imensa área preservada com suas matas e dunas, totalizando 1.172 ha (segundo o guia), e esta seria a segunda maior área verde em zona urbana, só perdendo para a Floresta da Tijuca no Rio de Janeiro.     O Morro do Careca, que é um cartão postal de Natal está numa área de Preservação Permanente, sob controle militar.   As pessoas, há quinze anos, estão impedidas de entrar na duna do Morro do Careca, visando a preservação do mesmo.
     Voltando à base aérea, consta que ao final da Guerra Mundial (1945) Natal teria ao redor de 60.000 habitantes e quando os americanos desativaram suas ações na base, ao redor de 2.500 americanos optaram por permanecer morando em Natal-RN.   Um contingente grande em relação à população local.
     Atualmente Natal teria ao redor de 800.000 habitantes e é a única capital com menos de 1 milhão de habitantes que vai sediar jogos da Copa do Mundo 2014.    Pelo porte do seu estádio - a Arena das Dunas, com capacidade para 44.000 torcedores, só comporta jogos da primeira fase (4 jogos).    Lá os dois times da capital e conta com dois times na série C do Campeonato Brasileiro, sendo o ABC e o  América, ambos lá em baixo da tabela.
     Sobre o futebol, o guia brincou:   Nós aqui desmanchamos um estádio que tinha capacidade para 40 mil torcedores e foi construido no lugar um novo com capacidade para 44.000 torcedores.   Tipo trocar seis por meia dúzia.
     Rodovia BR 101, que liga o Nordeste com o Sul do Brasil.   Dito que liga o Ó Xente com o Chê, do RN ao RS.
     Terra do grande folclorista Luis Câmara Cascudo, que tem um museu no centro histórico em homenagem ao mesmo.     Também terra de Augusto Severo, que seria contemporâneo de Santos Dumont e é considerado por eles um heroi regional, tendo projetado e construido vários dirigíveis que inclusive voaram em Paris, o local onde os inventos eram consagrados.    O heroi morreu na explosão de um dos seus balões por lá.
     A cidade tem belas construções históricas, principalmente do tempo do Brasil Colônia, já que foi fundada em 1599.    Belas Igrejas, Museu Sacro, Palácio do Governo, Capitania dos Portos e outros prédios da época.
     Na parte moderna, belos edifícios e o Shopping que tem como âncora a Riachuelo que é da região, cujo grupo empregaria no Brasil ao redor de 20.000 pessoas.   Visitamos o Shopping que é bastante amplo e moderno e tem um teatro (Teatro Riachuelo) com capacidade para 1.500 pessoas.   
     Em resumo, Natal tem muito mais que sol e mar.   Tem praias, tem áreas preservadas, lindas dunas, um importante centro histórico, um conjunto imponente de edifícios e ótima rede hoteleira.

              orlando_lisboa@terra.com.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário