Total de visualizações de página

Translate

Google+ Followers

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

II - Viagem à Europa


O aeroporto Charles De Gaule, que é enorme, fica um pouco retirado da cidade de Paris e quem chega pelo mesmo, uma das formas de ir ao centro da cidade é de trem. Há o RER, um sistema de trem metropolitano que faz o transporte regular na região. O RER faz conexão com o sistema de metrô de Paris e entre o RER e o metrô, chegamos no apartamento da filha depois de menos de uma hora entre caminhadas pelo aoeroporto, escadas rolantes, viagem, conexão RER-metrô e chegada em casa. Deixamos SP com uns 30 graus e chegamos lá com uns dois graus e tivemos que colocar os capotes, agasalhos pesados para enfrentar o frio.
A primeira impressão que tivemos da cidade, foi constatar que na região mais central não há edifícios altos. Os prédios na região comercial em geral tem a mesma cor (amarelo palha), a mesma altura (uns três andares) e a fachada meio parecida, além de ter no teto umas pequenas estruturas que parecem ser de cerâmica e lembram chaminés. Devem estar associados a sistema de calefação (aquecimento) dos ambientes, o que é comum por lá para a estação fria. Por sinal, informa-se que Paris não tem inverno tão rigoroso e neve por lá é muito esporádico. Mesmo assim, um dia vimos cair um pouquinho de neve. Eu nunca tinha visto. Muito lindo!!!
Outra coisa que chama a atenção é que a cidade no geral é bem plana e os prédios não sendo altos, ressalta essa condição. O lugar que se destaca é Montmartre, uma colina pouco alta, onde se destaca uma linda igreja chamada de Sacré-Coeur, que seria para nós Sagrado Coração. Da colina onde fica a igreja, a vista para a cidade em torno é um espetáculo.

Um comentário:

  1. paris realmente eh mto charmosa
    :-)
    eh uma beleza diferente do brasil, onde td eh mais colorido e sem uniformidade!

    ResponderExcluir